Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

29
Jan16

*Desabafo*

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

De cada vez que acho que as pessoas não podem mostrar mais mesquinhez, eis que no mundo profissional lá vem uma novidade, digamos, engraçada. Acho que já mencionei casualmente que não gosto de pessoas.

Razão número 457 para não gostar de pessoas. Lá por vocês mentirem e aldrabarem e serem umas pobres desculpas de pessoas não quer dizer que nos meçamos pelo mesmo. Só me vão dar algum trabalho e acabar a engolir mais uma, sem me perturbar a paz de espírito que preciso neste momento.

Este Janeiro não tem maneira de acabar e nunca mais chega Março, raio de ano bissexto que ainda me adiciona um dia a um mês que preciso que passe a voar.

Follow
28
Jan16

Crónicas do meu ex-senhorio #2

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Depois da bela notícia de que o naldinho é meu vizinho, chegou a hora da inspecção da instalação de gás.

Surprise, surprise, uma das bocas de gás está selada devido a uma fuga, que não está resolvida.

Tem que se pagar nova deslocação, além da óbvia e indispensável reparação.

Chamado o senhorio, estava resolvidíssimo, eu que ligasse para a empresa que fez aquilo, e que tem garantia e que até colocou grelha na porta da cozinha e da lavandaria para minimizar o risco, mas que lhe garantiram que estava bem. Muito discurso de artistinha, a achar que a suposta eloquência faria com que assumisse responsabilidades que não são minhas.

Eu?!

Portanto, eu ligo, eu pago?

Não.

Hell, no.

Eu não pago nem ligo para ninguém, eu sou inquilina, paguei uma inspecção ao gás e não pago rigorosamente mais nada, já que o senhor é vizinho, sobe e paga a inspecção, e liga a quem contratou para fazer o serviço. Se a casa não estiver habitável e tiver uma fuga, acaba-se o contrato já aqui.

Não estava a contar, fez, contrariado. Achava que agora o dinheiro entrava e não tinha responsabilidade. Era bom.

 

Para terem uma ideia da manutenção brilhante que fazia à casa, além das paredes estarem a gritar por uma pintura, todas, repito, todas as divisões tinham uma tomada queimada.

Pedimos a substituição, substituiu meia dúzia e deixou os espelhos de mais duas, que deve ter-se cansado com a empreitada.

Os problemas eléctricos, apesar de ligeiros, pesaram na decisão de sair dali, uma das tomadas quase me avariou o aspirador. O aquecimento da água era por cilindro, o que pesava na conta.

 

A lareira. Uma das coisas que me atraiu foi a existência da lareira. Que não aquecia a sala, uma vez que era enorme, muito devido à falta de manutenção, estava com pouca circulação de ar e precisava de limpeza. Que o naldinho não fez.

Follow
27
Jan16

Desafio | Chocolate

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Hoje trago aqui a minha resposta à Jess, e ao desafio do chocolate, obrigada :). Espero que já tenham desenjoado do natal e estejam prontinhos a enfardar mais chocolate, porque nunca é demais.

 

Não como assim exageradamente chocolate, tenho fases. Há semanas que nem me lembro e depois lá espreita aquela vontade incontrolável de comer chocolatinho. O meu chocolate preferido são mesmo as barritas Kinder, sou uma pessoa simples, e melhor que trufas, e coisas gourmet é mesmo o chocolate de leite.

 

 

 

 

 

 

Follow
26
Jan16

Crónicas do meu ex-senhorio

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Vou trazer-vos aqui as muitas pérolas que guardei da minha última casa e do seu super senhorio. O naldo, vamos chamá-lo assim era o "típico tuga" espertalhaço, que ninguém o "comia por lorpa" e que era um artistinha. Claro que não vi isto à partida senão não lhe tinha alugado a casa. Todo o processo foi tratado numa imobiliária.

O que nos cativou? Numa zona boa e central para o que pretendíamos, com supermercado, talho, bancos a meros metros, último andar, a casa era enorme, áreas brutais, sala de quase 40 metros quadrados, terraço de mais de 20, e no prédio mais alto das redondezas, o que nos permitia privacidade total no terraço, depois de instalado um cercado em caniço.

A decoração era pavorosa, quem ficou mais cativado até foi ele, porque eu fiquei um bocadinho apreensiva, o que me agradou mesmo foi ser último andar e não ouvir ruídos. Com dois quartos, o principal ainda tinha camilhas em seda salmão, e reposteiros, enquanto que o quarto da filha era absolutamente rosa choque, desde paredes, a cama, a decoração, sem falhar a televisão e portátil da hello kitty para uma miúda de 11 anos. O terraço estava povoado com mesas de café com mais ferrugem do que outra coisa.

 

O discurso foi, tenho outra casa e tenho de tomar conta da minha mãe, por isso estamos a alugar, vamos os três viver com ela para a ajudar. Decidimos a favor.

 

Primeira pergunta e condição essencial, pintura da casa. Tinha 18 anos e nunca tinha sido pintada, pelo que havia molduras a sujo, encardido de tudo o que estava naquela sala.

"Ah e tal pode pintar você que depois entrega-me a casa como for, em que cor quiser e tal."

"não, não tenho intenção nenhuma de pintar a não ser o quarto extra, portanto insisto em entregar-me a casa pintada de fresco"

"Acedeu, contrariado".

 

Primeira novidade

Além de meu senhorio, é meu vizinho! Foi viver com a mãe, que residia no mesmo prédio que nós mas no primeiro andar.

Os pais que estavam autónomos e saudáveis, inclusivé o pai ainda conduz e tem carro. Era para ajudar quem mesmo? Hummm

Follow
25
Jan16

Cavaco ainda é presidente

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Últimas acções como presidente, veta adopção por casais homossexuais e alterações à lei da IVG. Não faz quase nada, ao ponto de se achar que está em coma e quando faz é triste figura. Quanto às subvenções vitalícias, não me espantam. Tudo em Portugal é vitalício. Por isto esta pobre desculpa de político foi eleito para tudo o que concorreu, por isso temos pseudo celebridades forjadas em reality shows, por isso a política e a sociedade estão nas ruas da amargura.

Follow
24
Jan16

Em dia de eleições

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Vou começar a ver agora o filme Suffragettes. Fico sempre confusa quando as pessoas no geral optam por não querer saber e não votam, num país como o nosso muito mais, em que a liberdade é relativamente recente. Ainda mais fico quando as mulheres não votam, quando tantas tiveram de morrer pelo reconhecimento dum direito inalienável. Posso dizer que conheço uma mulher que nunca votou, não quer saber e me perguntou aos dezoito e até aos vinte e pouco, incrédula se votava. Senti vergonha por ela, tentei fazê-la mudar de ideias. É inconcebível para mim. Sempre foi um hábito e hoje não foi excepção, almoço na minha mãe, e logo a seguir vamos, eu, ela e o meu irmão, votar e tomar um café depois. Agora até somos mais. A minha mãe ainda cresceu sem liberdade, depois disso fez greves, lutou pelos seus direitos. Sempre me foi incutido que deveria fazer o meu papel e escolher. Pelo menos para honrar os que lutaram e morreram por direitos que se troca pela quinta das celebridades, ou casa dos segredos ou que tais.

Follow
24
Jan16

É isto

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

52% de abstenção e encontrada a fórmula mágica. Num país onde os reality shows são reis e senhores, o senhor que perdeu todas as eleições até agora, afastou-se da política e foi mandar bitaites populistas para a TV e ganhou. Espero que haja una segunda volta.

Follow
23
Jan16

Quero...!

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

E não encontro!

image.jpg

Follow
22
Jan16

Perdi...

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Humidade Vs Meu Cabelo

10 - 0

 

 

 

 

Follow
22
Jan16

A contemplação da espera

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Perante a impotência da espera, e cientes de que a preocupação não adianta e a ansiedade prejudica quantos de nós têm força e determinação para não correr mentalmente os cenários possíveis. Insistindo estupidamente nos cenários piores, tremendo a cada indício, valorizando demais cada situação, analisando cada fio de cabelo. A esperança, anda de mão dada com a ansiedade, jogando um jogo e vendo a cada momento qual ganha, se a esperança impera durante o dia a ansiedade acorda com a cabeça na almofada. Será mesmo possível sacudir as más experiências e acreditar pia e completamente que desta vez o resultado será diferente? Feliz quem o consegue fazer.

Follow

Pág. 1/7

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt