Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

28
Ago16

A minha obsessão dos jogos olímpicos

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

foi esta miúda

Follow
25
Ago16

"Eu não defendo o burkini, eu abomino o burkini e tudo o que ele significa"

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

In Público

"A dona Maria foi visitar os netos a Paris. Também ela lá viveu durante 37 anos, graças aos quais juntou uma pequena fortuna, construiu casa na vila onde nasceu e vive uma reforma desafogada. O regresso a Portugal foi mais complicado do que alguma vez previu. Os filhos não vieram com ela e agora vive, com o marido, numa grande vivenda de cinco quartos. Casa a mais para tão poucas visitas, pois na verdade são mais eles que vão visitar a família a Paris do que o contrário.

Este ano alugaram um apartamento mais para o sul de França, para os meninos, dois rapazes de 4 e 7 anos, poderem aproveitar a praia que tão bem lhes faz às alergias. Nem uma hora depois de pisar a areia a dona Maria já estava a ser chamada à atenção por estar vestida dos pés à cabeça e de lenço a cobrir os cabelos. Os polícias foram educados, simpáticos até, e explicaram que depois dos atentados mais recentes o uso do burkini tinha sido proibido naquela praia e a forma como se apresentava em muito se assemelhava ao tal traje muçulmano. Raúl, o filho, indignou-se de tal maneira que toda a família acabou por abandonar a praia. As férias foram um desastre pois, como devem imaginar, ninguém equacionou enfiar a avó Maria num biquíni.

Vou falar-vos um pouco mais da avó Maria. A avó Maria não pinta o cabelo porque isso desagradaria o marido, a avó Maria não usa verniz nas unhas porque sabe que o marido não aprovaria, a avó Maria não toma decisões sobre o uso do dinheiro em casa, a avó Maria já foi traída pelo marido, mas sempre escondeu isso da família, pensa que são coisas que os homens não conseguem evitar… A avó Maria decidiu todos os dias fazer aquilo que é esperado dela, com todas as limitações que esta decisão encerra.

A avó Maria tem 68 anos, mas poderia ter 35 anos. Marias há muitas, todos nós sabemos isso! Mais do que o dress code, é o espirito de submissão ao homem que aproxima as Marias de uma muçulmana que usa burkini na praia. Talvez, quem sabe, algumas dessas mulheres de burkini tenham uma relação mais igualitária com o marido. Talvez não.

De qualquer forma, cabe ao Estado garantir a igualdade de direitos entre homens e mulheres, protegendo os mais fracos, nomeadamente a sua integridade física. Quando é que isso passou a significar pôr o Estado a despir as mulheres conservadoras?

Eu não defendo o burkini, eu abomino o burkini e tudo o que ele significa. No entanto, não sou capaz de concordar que numa democracia se use a autoridade para fazer desaparecer desta forma aquilo que nos incomoda. E há tanta coisa que me incomoda!"

Isto.

Follow
24
Ago16

Lá a ver

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Se organizo pensamentos. Percebo o medo do extremismo religioso, da perda de identidade cultural, e a rejeição de certos comportamentos e ideais. Principalmente os que atentam sobre a liberdade. Não aceito nem acho que se deva aceitar Sharia ou pedidos de adaptação de religiões e costumes no país de entrada. Ao emigrar ou pedir refúgio têm de ver se se adaptarão aos costumes, uma vez que a liberdade religiosa e liberdade em geral temos (ou tínhamos). Mas a xenofobia, estas humilhações públicas o que fazem? Permitem mais facilmente a radicalização. Que é exactamente o propósito dos ataques terroristas. Não é matar muitos. é criar o medo, instigar a xenofobia e recrutar massivamente para uma causa. E com aplausos e "vai para a tua terra" a uma mulher obrigada a despir-se numa praia é o que acontece. 

Follow
24
Ago16

Burkini

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Nem vou aprofundar. Tampouco quero pensar muito nisto. Se por um lado me provoca demasiados sentimentos a existência de semelhante atentado aos direitos humanos que é a ditadura religiosa da imagem da mulher. Nem sequer concebo visitar um desses países onde não usufruo de plenos direitos. Por outro a liberdade individual de usar o que me apetecer não deve ser esquecida ou abolida sob qualquer pretexto. (Excepcionando claro, cobrir a face por motivos óbvios de segurança). Muito menos a humilhação que é obrigarem alguém a despir-se na via pública. Não sei onde vamos parar, mas não estou a gostar do caminho. 

 

 

Que a moda de negar liberdade não pegue aqui que eu não suporto o sol na cada e cubro-a sempre ou com chapéu, ou na duma falta com a roupa. 

 

 

 

 

Follow
24
Ago16

Planos para logo

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Montar a árvore de Natal...

 

 

Agosto no Porto... Então é por isto que as ssoas vão de férias para o Algarve.

Follow
24
Ago16

Quanto tempo dormi?

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

é que acordei em novembro.

Follow
23
Ago16

Rentrée

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Nada melhor do que uma palavra francesa para o título deste post. O blog tem estado ao abandono e por isso peço desculpa aos que cá tem vindo e encontrado isto em auto-gestão.

Umas férias maravilhosas, seguidas de muito trabalho e uma agenda social preenchidíssima. Coração cheio, corpo extenuado. Sinais da idade... Lembro, saudosa, outros tempos, em que a vida social era mais intensa e até altas horas da madrugada e os dias seguiam leves e fáceis. Imagino uma Pipoca, com os eventos de marcas, afinal isto cansa.

 

Voltando a coisas boas. As férias foram no momento ideal, sinto que descansei como não tinha conseguido nos últimos anos, aproveitei dias inacreditáveis de praia, aproveitei quase 30 km de costa. Choquei-me novamente com a inconsequência dos pais, que chegam à praia quando estamos a sair para almoço e uma sesta. Piscina natural, piscina coberta, spa, houve de tudo. Depois Alentejo Interior e descanso total. Visitei o Ecork Hotel, que já andava debaixo de olho há algum tempo.

Comi muito peixe grelhado, maioritariamente lulinhas em Espinho e Matosinhos que adoro. Sushi, gofres, gelados, crepes, panquecas, tapas, hambúrgeres, camarão: dieta nem vê-la, como acho que umas férias têm de ser. Locais dignos de nota: Kyoto na Baixa, Tito II, Amorino (gelados em forma de rosa), Boulevard Burger House, O Diplomata. 

Uma prenda dele, que me surpreendeu com umas Birkenstock. Desdenhei, aqui me confesso, durante muito tempo. Dediquei mais tempo a investigar a marca e gostei de alguns modelo em algumas cores específicas Mais confortável não há, e ele descobriu um negócio brutal, porque é uma marca cara e nas grandes lojas não fazem saldo.

 

IMG_20160823_091356_1_1.jpg

 

Follow
22
Ago16

Trocas

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

O grande Porto, ou pelo menos todos os meus contactos de Facebook foram para o Algarve. Os emigrantes vieram todos para o Porto. A questão fracturante é: se a malta daqui não fosse toda para sul, cabíamos cá todos? 

Follow
22
Ago16

Ouvido na rua

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Não corras senão bates com a tête.

Follow
22
Ago16

Vamos fazer um joguinho

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Categorias:

O primeiro a ouvir falar em português num qualquer shopping ganha.

O primeiro a ver uma matrícula portuguesa ganha. 

Se a língua ouvida não for francês, é jackpot. 

 

 

Follow

Pág. 1/2

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt