Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

12
Out17

Mais que tudo

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

A expressão que ganhou novo significado com a chegada do meu filho. Com ele sou mais amorosa, mais atenta, mais forte, mais resiliente,  mais carinhosa, mais ponderada, mais paciente, mais calma, mais ponderada, mais responsável, mais protectora, mais bem disposta, mais sorridente, mais palhacita, mais feliz. Com e por ele tento ser melhor. 

Follow
10
Out17

Vai ser bonito

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Três mesinhos e já arqueia as costas e levanta o cuzinho e se tenta arrastar para sair do ovo!

Follow
09
Out17

Típico

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Contei aqui que já não tinha cólicas há algum tempo. O que se seguiu? Uma semana de cólicas, claro.

Follow
06
Out17

Ano 2031

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Corre o ano de 2031, ainda. O gang rival é composto por Salvador, Noa, Enzo e Santiago. 

Follow
06
Out17

Ano 2031

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Estamos no ano 2031. Os gunas do secundário aterrorizam os colegas. Os seus nomes são Dinis, Salvador, Bernardo e Afonso.

Follow
04
Out17

Curiosíssimo

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Nós é que temos um bebé, recém nascido, ou com menos de três meses e somos nós que respeitamos horários de confraternizações. Conseguimos, a muito custo nosso e com necessidade de planeamento respeitar os horários dos convites que nos fazem ou que fazemos. Quem se está a marimbar para os horários que damos ou que eles próprios dão: todo o resto das pessoas. Fizemos um jantar no fim do primeiro mês: andar a ver horário de mamada, tratar das coisas, estava a dormir na alcofa à hora certa. As pessoas atrasaram-se mais de uma hora. Resultado: estava acordado à hora que jantámos e não pude jantar descansada. Vários almoços e jantar das mesmas pessoas: nunca à hora que é dita nem sequer no prazo de uma hora depois, já tive que dar vários toques para começarmos a comer, até sem um casal que chega sempre já estamos a comer. Resultado: mal acabamos de comer saímos e somos nós que parecermos apressados e que não convivemos, pese embora sejamos os primeiros a chegar e sempre 10 minutos antes da hora "marcada". Sabem lá vocês o que isto me chateia e me apetece falar. Só em casa da minha mãe é que um almoço à uma, está na mesa pontualmente à uma. 

Follow
04
Out17

Curioso

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

De dia às vezes aguenta pouco tempo a dormir em berço ou alcofa. Dão colo a mais. Tau. Culpa simples de verificar, nem sabem das nossas rotinas e já está diagnosticado o problema. Visitam o bebé e não descansam enquanto não o têm no colo. Mesmo que esteja bem deitado, mesmo que esteja bem no ovo. Vai ao colo de um e passado uns segundos já está outro a pedir para lhe dar colo. 

Follow
04
Out17

Vai ser bonito

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Deixei-o no ginásio em cima do sofá na chaise longue. Devidamente entricheirado a toda a volta por ginásio e por almofadas claro. Fui ao WC fazer um chichi, a lá Baião, um chichi rápido. Quando voltei estava virado ao contrário atravessado no ginásio. Caiu me tudo. Como se mexeu tanto? Onde se agarrou para dar a volta? Tem três meses. Escusado dera dizer que se acabou o sofá, ginásio só no chão. 

Follow
03
Out17

A mala das fraldas

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

DSC_0763.JPG

 

DSC_0753.JPG

 

_20171002_120558.JPG

 

Tive bastante sorte e ambas as malas que tenho foram oferecidas. A que foi comigo para a maternidade e nos primeiros tempos foi a da bioderma. Entretanto oferecem-me outra maior e com mais compartimentos e dá mesmo muito jeito. 

Tento não levar meio mundo comigo, e fui pesquisar para o pinterest a composição mais jeitosa.

  • Documentos (da bioderma também oferecido);
  • Toalhitas waterwipes;
  • Fraldas de pano;
  • Fraldas, uma boa meia dúzia; 
  • Trocador: esta mala nova tem trocador embutido, óptimo, até podem abrir a mala nos fechos (como está na imagem) e depois estender o trocador e fica ali tudo à mão. Já tinha comprado um trocador da tuc tuc e usando a outra mala dá jeito porque tem bolsos para fralda e toalha. Às vezes levo uns resguardos que se sujar é só deitar fora e não é tão frio para as costas dele. 
  • Compressas TNT estéreis e soro em unidose (o pequeno saiu literalmente remeloso e cada vez que dormia ficava com remela);
  • Água micelar (vinha com a mala da bioderma);
  • Babetes (não bolça muito, mas parece que as coisas só acontecem quando saímos, a primeirs vez que bolçou a sério estávamos num evento);
  • Chupeta e corrente (odeia, estamos sempre a tentar e às vezes para o acalmar lá resulta por segundos; levamos o aero-om para mega sos aconselhado pela pediatra que ajuda nas cólicas - tem dose máxima, 5 vezes/dia);
  • Manta;
  • Três mudas de roupa separadas por sacos prontos a usar (tenho de pano e em saco transparente: dá mais jeito o transparente para saber o que lá está); 
  • Saco extra com meias e casaco;
  • Sacos de congelação (se deram jeito para a maternidade agora são indispensáveis, noutro evento e com fatinho lindo pequena criatura acho por bem fazer um cocó explosivo e ter duas roupas no evento, uma chiqueza; a roupa com cocó fica dentro da saca de congelação e não suja nada na mala e não deita cheiro porque é estanque; trocam uma fralda num sítio inóspito ou no carro: fralda suja na saca de congelação)
  • Uma t-shirt extra para mim e outra para ele;
  • Barras de cereais;
  • Água;

Esta nova mala tem compartimentos dentro para biberões ou para água, óptimos para as coisas ficarem no sítio e visíveis, e extra térmica e amovível para biberão, bem como para telemóvel e para a papa; tem mosquetões nesses acessórios e nas alças, tem ainda mais dois compartimentos de fácil acesso com a mala fechada.  

Follow
02
Out17

Também este é um blog de culinária

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

_20171001_171334.JPG

 

Esta receita é óptima, é viciante, vão por mim, são bolachas com pepitas de chocolate, com um twist, são bolachas que ajudam ao fluxo de leite materno, devido à aveia, levedura de cerveja e sementes de linhaça. Malta que não está a amamentar pode comer à vontade que não esguicham leite à conta das bolachas. 

Podem usar esta receita, ou quem tem yammi 2 pode apenas adaptar a receita do livro base, substituindo a farinha por uma parte de aveia e acrescentar a levedura de cerveja e as sementes. 

 

  • 1 chávena de manteiga (eu substituo uma parte por óleo de côco, menos de metade porque acrescenta sabor)
  • 1 chávena açúcar 
  • 1 chávena açúcar mascavado 
  • 4 colheres de mesa de água e duas colheres de sementes de linhaça
  • 2 ovos
  • 3 chávenas farinha sem fermento (destas meia uso com farinha integral) 
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • pitada de sal
  • 3 chávenas de aveia
  • 1chávena de pepitas de chocolate, ou chocolate de culinária partido 
  • 2 -4 colheres de sopa de levedura de cerveja

 

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Misturar a água com as sementes e deixar repousar por 10 minutos. 

Bater a manteiga/óleo de côco com os açucares. Acrescentar os ovos e misturar bem. Acrescentar as farinhas, o bicarbonato e o sal e mexer bem. Acrescentar a aveia, a levedura de cerveja e mexer. Envolver as pepitas de chocolate. Deixar a massa no frio durante uma hora. Fazer montinhos (uso a colher dos gelados e funciona bem). Cozer por 12 minutos. Comer. 

 

Follow

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt