Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

23
Jul15

Disso da IVG

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

http://nervosomiudinho.blogs.sapo.pt/testes-de-paternidade-2012. Escrevi isto antes de estalar, de novo, esta polémica. 

 

O debate é feio, as pessoas insultam-se e a maior parte são burrinhas. 

 

A minha crença é melhor que a tua. Não, a minha crença é melhor. Na na, a minha crença e a minha opinião pessoal é que são melhores que a tua e tu cheiras mal dos pés. 

 

Minha gente, a religião separou-se do estado por variadissimas razões. Para o benefício de todos, porque senão o divórcio era ilegal, e dependendo da religião a mutilação genital era um costume aceite. 

 

Vamos fazer um "suponhamos". Eu quero engravidar, faço um teste e dá positivo. Para mim, a minha viagem começa ali, fazer uma ecografia a partir das 6/7 semanas e ouvir batimento cardíaco reforça a minha felicidade porque a gravidez é evolutiva. Para mim, leiam novamente, que quero, leiam novamente por obséquio. Uma perda nesta fase é muito sentida, mas muito precoce. Não é à toa que só se conta aos 3 meses aos amigos. O que nos afeiçoamos é com o potencial. É desejado portanto projectam-se sonhos e aspirações, é amado a partir do teste positivo, porque sempre foi desejado. Mesmo quem é apanhado de surpresa, se quiser ser mãe, logo a partir dali fica com sentimentos. Imagino que para quem tem pavor de ser mãe seja o início de um processo complicado, de dúvidas e com decisões muito importantes para tomar.

Para todos nós, em termos de embriologia e biologia, até às 12 semanas é um embrião com uma probabilidade de falhar e ocorrer um aborto espontâneo de 30% aproximadamente. Leram bem a probabilidade. Um embrião, atentem por favor, não é um feto. As pessoas tendem a imaginar um recém nascido, neste debate, mas não é. Em termos visuais é igual um humano, um porco, ou outro animal. Porque é ainda indiferenciado. 

Em termos biológicos, que são os factos, que é a única coisa que interessa num debate nacional e na produção de legislação, o embrião não é um feto. O embrião tem um coração que bate, imaturo, só com duas cavidades, e não 4, para se poder desenvolver, porque não está 40 semanas lá dentro de férias. Não tem sistema nervoso central, não tem nociceptores, o que isto quer dizer é que não sente nada, nem dor, e ainda não é, porque não tem consciência. 

Outro paralelo, uma pessoa em coma, em morte cerebral, tem o coração a bater, e a eutanasia também é permitida. Porquê? Porque está em morte cerebral. 

Continuando, acham mesmo que permitiam interrupção voluntária da gravidez até às 10 semanas se houvesse desenvolvimento biológico suficiente para sentir dor??? Não se questionam acerca das 10 semanas? Sobre o que é um embrião e um feto? 

 

Nenhum, repito, nenhum método contraceptivo é 100% eficaz. Mas agora um filho é um castigo? Estás biologicamente equipada para procriar, portanto, oupas ter um filho. Não queres, não tens capacidade? Não interessa. Se quem os quer e acha que tem, às vezes faz um trabalhinho de merda, imaginem quem não quer. E não me venham com o dar para adopção, porque a mulher teria que estar grávida os 9 meses, é mãe na mesma e uma gravidez não é coisa que dê para disfarçar. Mais, há quem tenha vícios muito graves, como álcool, tabaco e drogas, portanto durante esses 9 meses estaria sim a prejudicar gravemente o feto. 

 

Vou fazer outro paralelo, um fumador tem uma probabilidade alta de desenvolver um cancro do pulmão. A quimioterapia é muito cara. Ninguém vai para a porta do do ipo maltratar estas pessoas, ninguém pede que paguem taxas moderadoras nem seja o que for. 

Não concordam com a ivg? Não façam. Simples. Condenam moralmente quem os faça? Força, quando forem a caminho da instituição de menores que apoiam, verificar o estado da adopção que pediram, vão a rezar na pele de quem fez uma IVG. 

Sou a favor da vida, da criança, que nasça amada e com direitos assegurados. Sou a favor da vida, da mulher, que tem o direito de ser ou não mãe, de poder escolher o que quer para a sua vida, em democracia, com os seus direitos e deveres. 

 

Ninguém é a favor do aborto. As pessoas são a favor da escolha. Metam isso na cabeça. 

 

 

 

Follow

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt