Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

15
Abr16

É o bloco de esquerda ou são as pessoas?

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

 

A medida apresentada não me parece fundamental ou prioritária. Não me causa prurido, mas se há uma melhor palavra, porque não? Se puder ser posta em prática sem custos, à medida que se vai renovando o dito cartão, porque não? Porque não seguirmos no caminho correcto da neutralidade de género em assuntos oficiais? Nos que se pode, que já sabemos que a língua peca sempre pelo masculino e nem sempre é possível. Porque não?

 

Há assunto mais prioritários? Há sempre. 

Sempre. 

Nao fariam mais nada senão discutir, saúde e emprego e pouco mais, se só falassem de coisas urgentes em Portugal. Não quer dizer que não se possa falar de outras coisas. 

 

Adopção e casamento homossexual. Foi dito exactamente a mesma coisa, há coisas mais importantes. 

 

Direitos dos animais? Há coisas mais importantes. Há pessoas a passar fome. É preciso ver o estado da saúde em Portugal. 

conservação das espécies animais protegidas? Há coisas mais importantes. Há pessoas a passar fome. É preciso ver o estado da saúde em Portugal. 

Cultura? Há coisas mais importantes. Há pessoas a passar fome. É preciso ver o estado da saúde em Portugal. 

Arte? Há coisas mais importantes. Há pessoas a passar fome. É preciso ver o estado da saúde em Portugal. 

Investigação? Há pessoas a passar fome. É preciso ver o estado da saúde em Portugal.

Inovação tecnológica? Há pessoas a passar fome. É preciso ver o estado da saúde em Portugal.

Ensino superior? Há desemprego e fome. Que façam o 12 ano e vão trabalhar. 

Recibos verdes? Há coisas mais importantes. É melhor que nada que há muito desemprego. 

Emigração? disse o Passos Coelho, que vão, que há coisas mais prioritárias. 

Ajudar os refugiados? Há coisas mais importantes. Há pessoas a passar fome. É preciso ver o estado da saúde em Portugal. 

Salários?  Com o desemprego que há, ter um emprego e um salário mínimo nacional já não é mau. Se aumentarmos o salário mínimo as empresas vão à falência. ( sou contra todas mas esta e dos recibos especialmente, isto só reflecte o que leio e os argumentos quando se falam nestas coisas, que há outras prioridades) 

 

Tanta coisa pior que se passa, injecção de dinheiro nos taxistas, subsídios vitalícios aos políticos, salvar bancos. Podemos sempre encontrar pior onde actuar e mais importante onde actuar. 

A opinião pública e as críticas estão a ser muito piores e a ridicularizar muito mais a questão do que uma proposta mais ou menos importante do bloco. Portanto é o bloco, ou são as pessoas a extrapolar do que se diz e exagerar? 

A discriminação linguística existe, se é a mais importante? Não, definitivamente não. Mas nada diz que não se pode tentar actuar em todas. Só para finalizar, não sou do bloco, mas também estou contra este exageros de opiniões contra, até sexismo de mulheres contra mulheres tenho lido. 

 

 

Follow

8 comentários

Diz tu também de tua justiça

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt