Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

24
Nov16

Poupar dinheiro na black Friday

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Não ir às compras.

Follow
07
Nov16

No pain, no gain

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Válido para tudo na vida. Exercício físico, desporto, dieta saudável, estudo, trabalho, vida. Esperar resultados que não foram precedidos de trabalho ou sacrifício tem uma probabilidade quase nula. 

Follow
03
Out16

O conceito

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

De classe média estica mais do que a pele dos glúteos da Kim kardashian.

Follow
06
Jul16

Vou voltar ao exercício

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

mas a sério. Estes meses tenho andado muito parada. Vou praticar o "sa foda" numa base diária, até considero tornar-me federada no desporto. 

Follow
07
Abr16

Adenda à franja

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Eu não digo que todo o coração partido da origem a franja, mas quase toda a franja significa um coração partido.

 

A ver, como diz a Saracasticamente, nem sempre é franja, pode ser a madeixa marota, noutros tempos foi a permanente (pausa para carpirmos as más permanentes dos anos oitenta), pode ser um escadeado cheio de movimento, um bob super actual, um corte, uma coloração. Nada está mais directamente ligado com o coração do que o cabelo. Um bom corte eleva-nos a auto-estima e devolve-nos o orgulho, outrora ferido. É a minha convicção.

 

 

Follow
06
Abr16

O comentário que se transformou em post

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Sou uma firme crente de que uma mulher depois de experenciar um desgosto amoroso muda de penteado e faz franjas.

 

Após anos de observação empírica digo, com confiança de 95% que, 99% das franjas são a manifestação capilar de um desgosto amoroso. É um tiro no escuro, tanto fica muito bem, como ficamos com aquele ar de miúda que ainda devia estar a saltar ao elástico nos intervalos. E depois há o arrependimento imediato por causa do trabalho extra, que nem pensem em não usar a prancha ou secador todos os dias, esticam a franja movidas pelo ódio ao gajo que levou às tesouradas frenéticas da cabeleireira. Retiramos deste estudo, como é óbvio, as franjas regulares, aquelas mulheres que são efectivamente fãs do penteado e recorrem a ele com frequência. Estamos aqui a falar daquela franja espontânea, que não fazemos desde o penteado Beatriz Costa imposto pela maioria das mães durante a escola primária. 

Já fiz testes, claro, que isto do método científico não se brinca. Já fui falar com uma amiga com quem não falava há algum tempo e por actualização de foto vi a marota da franja e acertei em cheio no desgosto amoroso. Quando vejo uma franja imagino logo o sofrimento debaixo da frente pilosa e ofereço logo um like no facebook, porque essa pessoa precisa de conforto. 

Follow
02
Abr16

Confiem em mim

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Não se deve forçar. Nos relacionamentos, no amor, na amizade, na vida, à semelhança do WC, quando se força, ou fica uma confusão ou dói.

Follow
24
Mar16

Ignorance is bliss

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Hoje estou virada para posts por imagens.

image.jpg

 

Follow
24
Mar16

Bom dia

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

image.jpg

 

Follow
14
Jan16

Pensamento do dia

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

images.jpg

 

Não é o amor que move o mundo, é o café.

 

index.jpg

 

imakges.jpg

 

39f27ede504271289e8cc0b054d78849.jpg

 

 

 

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt