Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

23
Fev18

A vida vai mudando

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Passo numa discoteca de manhã bem cedo devido ao caminho que faço com a pequena criatura. A hora que estou a começar o meu dia vejo pessoas a acabar a noite. Eu fui essas pessoas muitas vezes, durante muitos anos, se bem que muito raramente à semana. Neste momento trocava 10 dessas noites por quatro horas de sono ininterrupto. 

Follow
12
Fev18

preferidos

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

É assim (sim, estou a começar uma frase com esta expressão, qual marta do big brother 1, no saudoso ano 2000, e que depois de tornou um lugar comum em todos os reality shows). Entretanto perdi-me. É assim, não tenho um segundo filho, mas se tiver um segundo filho e dormir... Bom. Estou à vontade para vos dizer porque já disse ao meu filho muitas vezes. Se tiver um segundo filho e ela/e dormir, vai ser a criança preferida. Não digo que isso faça muita diferença no quotidiano, mas se os dois pedirem sapatilhas, ou telemóvel, sei lá, um gelado, já sabem quem vai ser o primeiro a ter e qual vai ter de esperar. Ou se um quer comer italiano e outro mexicano, já sabem quem levar a sua avante, por aí. (para nao dizer pizza ou hamburger, que eu vou ser uma mãe perfeita que nunca vai dar fast food)

Follow
08
Fev18

Sete meses

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Mais um mês, mais um bolinho, com velinha (soprada por nós claro). Este mês passou a correr, ele teve febre pela primeira vez, que díficil foi, a primeira virose. Não há nada pior que ver um filho doente, mesmo não sendo nada grave. O inverno não perdoa, mesmo não estando na creche, acabou por apanhar, não sei como. 

Continua um miúdo esperto, ou inteligente, como me dizem desconhecidos, acho piada a esta expressão. Cativa toda a gente, já está ao cuidado da avó e passa os dias felizes e entusiasma todos aqueles com quem convive, é muito social, palrador e bem disposto. Tenho que o tirar de casa pouco depois das sete, e se calha de acordar, abre logo o sorriso e vai a palrar pelo caminho.

Continua a usar a chupeta, morde, tira e volta a colocar, se está a brincar na cama e a encontra, pega e mete na boca. Um destes dias fez a coisa mais espectacular, estava a rodar na cama e caiu a chupeta, como estava a meio do movimento e tinha as mãos presas foi buscar a chupeta com a boca mesmo! E acertou direitinho!

Já tenta gatinhar, em modo minhoca, tão engraçado. Já faz umas pranchas jeitosas, e uma espécie de flexão, vai ficar todo fit. Alguém que fique. Tem energia a rodos, é impressionante, abana-se todo de contente, bate com as mãos na mesa a rir-se. 

Descobriu os polegares, tem tanta destreza, é uma delícia de ver. Liga e desliga a mesa de actividades com os polegarzinhos, também explora a mama, o que não tem tanta piada, porque dói. Já tem o dentinho mesmo de fora e de vez em quando trinca-me, estou a tentar ensinar o não, e que aprenda rápido antes que me arranque o mamilo, já vai sabendo que não pode porque morde-me e fica a fitar-me. Usa os polegares para tudo, se lhe dermos comandos, de playstation ou wii fica a explorar e a carregar nos botões. 

Chora sentido quando lhe tiramos o que quer, ou quando quer algo fora de alcance, ou seja, começamos a vislumbrar a bela da birra. Atira as coisas para o chão e fica a olhar para elas. A ansiedade da separação já começou o mês passado, não me posso chegar ao pé dele se não for para pegar nele, se virar costas depois de ir ao pé dele, chora desalmado. 

Segue o meu dedo quando aponto para algo, e continua um curioso, quer tudo. Continua fascinado pelo cucu, e gosta de brincar. Pede para brincar e tem dias que fica super apaixonado pelo pai e pelas brincadeiras.  O pai brinca e ele "foge" e esconde-se no meu colo, mas logo a seguir procura o pai para repetir. Um destes dias estava a experimentar a voz e as consoantes e o pai repetiu, como não entendeu o tom ou foi mais alto do que estava habituado, chorou como se lhe estivessem a ralhar, lindo, lindo, lindo.

Follow
07
Fev18

Leite de vacas felizes. Mito?

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

O marketing cunha de tal forma chavões que acreditamos, ou no fundo, é-nos mais fácil acreditar que são verdadeiros. O leite é um deles. Somos o único mamífero que bebe leite, de outras espécies, depois da infância. Não é essencial, de todo, é um hábito, o marketing cunhou-o como saudável. O cálcio de outros alimentos é mais biodisponível e não faltam alimentos com muito mais cálcio.

Mas não é isso que venho dizer. É com alguma propriedade que falo. Amamento há sete meses, em livre demanda, muitos meses amamentei de duas em horas, para além disso uso a bomba extractora há muitos meses. 

Acreditem no que vos digo, não há leite de vacas felizes. 

Follow

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt