Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

26
Jun16

Porto Beer Fest

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

No sábado passado fui até aos jardins do Palácio de Cristal, pela primeira vez, ao festival da cerveja artesanal. Não sou a maior fã, costumo ir ao Catraio e peço uma cerveja artesanal para quem não gosta de cerveja artesanal; ele é que gosta e conhece. 

A organização deixou a desejar, não fiquei encantada, nem perto. Tudo bem que era dia de jogo da selecção, mas isto não era propriamente surpresa.

Para ter acesso às cervejas era obrigatório comprar o copo oficial e fichas de 2 euros ou 50 cêntimos, único método de pagamento. Apenas três filas. Cheguei cerca de 15 minutos antes do jogo. Tive o copo na mão 10 minutos antes do intervalo. Pensei, vou comer antes do intervalo e tentar evitar (mais) filas. Poucas opções, acabei por escolher a com fila menor, de comida da Galicia. A fila até andou mais ou menos rapidamente, uns 10 minutos, estava encantada. Até escolher a minha sande de pernil passado com molho de maçâ e gengibre, cebola roxa caramelizada, e a notícia: demora 20 minutos, recebi a notícia cono facas. O que vale é que já tinhamos o copo e estavamos a beber uma IPA, Brew Dog e em estomâgo vazio além de ter feito sucesso, alegrou a espera. A sande veio pouco recheada e lá fomos ver os últimos 15 minutos de jogo, acompanhados agora de Dois Corvos, Metropolitan APA, a cerveja e não o prenúncio da desgraça e empate da selecção. Finda-se o jogo e ficámos a ouvir os concertos, com uma Bock, Role's Beer, terrível que não consegui beber, mais ficou para ele. Dos 10% da noite que não foram espera, gostei. 

 

IMG_20160626_171658.jpg

 

Follow
24
Jun16

Mais um São João

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Adoro o São João, embora os festejos para mim se tenham alterado nos últimos anos. Já fiz de tudo, jantar na rua, em restaurantes, com amigos, em festas temáticas sem por os pés na baixa, com família e depois noitada com amigos, já fui apenas ver o fogo de artifício (exames, a quanto obrigavam), passar a ponte a pé (e o medo que aquela coisa se desfaça de tanto que abana), andar pela baixa, dançar no Guindalense, na ribeira, em miragaia, nas fontainhas, ver as cascatas de São João, ou em tempos idos as fogueiras de São João. É a noite mais longa do ano.

Já lá vai o tempo de fazer isto, em grupos de dezenas:

(imagens da página Só quem vive no Porto sabe)

image.jpg

 

Detesto, odeio, o alho porro. Há sempre um velhote cujo maior gozo é agredir-te com o alho porro e depois achar que no São João nada se leva a mal. 

 

image.jpg

 

 

 

O meu avô tinha um sentido de humor muito apurado, e todos os anos no São João ia para a rua de martelo da carne assustar os transeuntes. O que me ria com as caras de assustadas das pessoas. Fazia ele muito bem, que por ser careca era o alvo preferencial de toda a gente. Saudades. Tantas saudades de tanto. 

Este ano achei o fogo de artifício especialmente bonito. O ponto alto para mim não foi o caldo verde, como habitualmente, ou a fartura depois de ver o fogo, foi mesmo a broa de milho que estava divinal. 

Follow
06
Jun16

Serralves

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Gosto muito da Fundação de Serralves, adoro os jardins. Adiro a quase todas as iniciativas, "Há luz no parque", uma oportunidade de ver os jardins durante a noite, os domingos gratuitos, e claro o Serralves em Festa. (Só não gosto dos scones minúsculos que a Casa de Chá serve). Antes do casamento hiper mediático já achava Serralves o sítio perfeito para casar e já me tinha sido apresentada a brochura deles, fosse eu moça para casar, era ali. Se o quiserem fazer agora, os preços são de fazer chorar. Adiante. Este ano, lá fui deambular pelos jardins, ver as exposições e instalações, deitar-me na relva e ouvir música. Não sou a maior conhecedora de arte e confesso que obras muito conceptuais e contemporâneas não são a minha praia, mas gosto de ver, mesmo assim. Ver as crianças de pézinhos nas fontes e louvar os pais que os trazem a estas inciativas e não a mais uma tarde no shopping. Este ano não comi por lá como no ano passado, não tinha opções que me seduzissem. Menciono apenas a roulote "Psicológico" que me traz à memória incontáveis noites de queima das fitas. Um almoço super tardio, porque a vida vive-se noutro ritmo ao fim-de-semana, sem ditaduras de horários. O local foi o DeGema do Porto, porque já conheciamos o de Braga, e uma ida obrigatória à Miss Pavlova que estava ali ao lado, e sempre muito concorrida, conseguindo quase a última fatia da floresta negra. Operação bikini 2016 a correr lindamente. 

 

IMG_20160604_194958.jpg

 

Follow
06
Mai16

Claro que está a chover

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

É a semana da Queima do Porto. E acho que não conheci uma queima sem chuva. Já cheguei a casa molhada sem lembrança quase nenhuma da chuva, e que bom era. E sem um dia de calor de verão. Normalmente o dia de calor coincide com a imposição de insígnias e estar trajado num qualquer anfiteatro ou pavilhão é coisa para piorar bastante a desidratação causada pela noite de copos anterior. Outras vezes o calor vem mesmo a calhar para o dia do cortejo. Saudades desses tempos.

Follow
22
Mar16

Amarelo Torrada

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

 

image.jpg

 

 

 

Assumidamente amante de torradas, aliás como vos disse aqui, esta era uma paragem obrigatória. Afirmam, sem modéstia, ter as melhores torradas da baixa. Situam-se na Rua José Falcão e são donos de um espaço clean e agradável, com várias opções de pão para a torrada, chapata, cereais, noz, avelã, muitas opções de chá e bebidas de café para acompanhar.

O menu de pequeno almoço tem algumas inovações, como o wrap de pequeno almoço. Servem também menu de almoço. Continuando para o que atraiu, a torrada, que vem generosamente servida, com três opções para barrar, devo dizer que fiquei viciada na compota de abóbora. Servem ainda bolos caseiros, scones e brunch, que ficarão para uma próxima degustação. Se não é a efectivamente a melhor torrada da baixa é com certeza uma fortíssima concorrente. Vale a pena uma visita.

Follow
15
Mar16

Brunch no Grande Hotel do Porto

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Como vos dizia domingo é dia de brunch. E este spot é digno de ficar na vossa lista. Foi a melhor surpresa dos últimos tempos. Um brunch que merece ser experimentado. Talvez a melhor relação qualidade-preço de todos os que experimentei. 

Num hotel lindíssimo no coração da baixa, cheio de história, na Rua de Santa Catarina, transporta-nos a outra era da cidade. 

Comi durante duas horas e foram muito bem passadas, o ambiente convida a isso, além de tudo tem animação para crianças o que torna apetecível para famílias. Tem ainda uma estação de omeletes feitas a pedido, na hora. Acabei por não usufruir, seguramente numa próxima. O preço é 15 euros e temos à disposição pratos quentes e frios, sushi, doces e salgados. Apenas o sushi era mais modesto. 

Podem ver pelas fotografias as minhas escolhas, mas há tanto que não experimentei, mino-hambúrgueres ou sliders, linguini com camarão, cogumelos salteados, bacon, salsichas, cereais, mais doces (porque nós somos fãs da fruta). As panquecas eram de facto boas e têm maple syrup, que é como quem diz xarope de acer, uma boa variedade de pão, bebidas quentes e sumos. A sopa era de batata doce e pimentão assado, uma combinação nova para mim, e gostei. No fim podem ainda ver uma fotografia minha ao lado de um vaso da dinastia Ming. 

 

 

IMAG1826_1.jpg

 

IMAG1829.jpg

 

IMAG1831_1.jpg

 

IMAG1832_1.jpg

 

IMAG1833_1.jpg

IMAG1834_1.jpg

IMAG1835_1.jpg

 

SI_20160313_205927_1.jpg

 

Follow
17
Fev16

Um dia na baixa (a comer)

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Para mim um sábado bem passado começa no Moustache Coffee House a beber um Pumpkin Spice Latte ou outras das bebidas de café, cupcakes, scones e bolos.

 

Ao lado do Moustache temos o Mercado Porto Belo, que decorre na Praça Carlos Alberto (desde que não chova) e comprar vinis, artigos vintage, legumes biológicos e peças de artesanato como bijutaria, entre outros.

Para almoçar, a Real Hamburgueria Portuguesa na Rua da Torrinha.

Findo o almoço recomendo que tomem o café na Praça Guilherme Gomes Fernandes, na Leitaria da Quinta do Paço, acompanhado do divinal mini-éclair que tem variadíssimos sabores à escolha, como limão, caramelo, chocolate, entre outros.

Depois de amoço um passeio no Jardim das Oliveiras e uma subida à Torre dos Clérigos, que completou recentemente 250 anos, nada como subir degraus para abater todas as calorias.

Nada como lanchar na Rua do Almada, entrar na loja Almada 13, e ao fundo desta loja está um segredo delicioso que são as pavlovas da Miss Pavlova.

 

Um dos melhores sushis da cidade no Kyoto na Baixa.

Por fim é escolher entre um ambiente mais calmo e uma cerveja artesanal e aí tem a Catraio - Craft Beer Shop na rua de Cedofeita, que teve direito a um artigo no baixa, ou o La Bohème entre Amis e um Long Island Ice Tea ou copo de bom vinho.

 

 

Podem encontrar o artigo completo aqui.

Follow
17
Fev16

TAP - transportadora aérea da Portela

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

image.jpg

 

 

A TAP, e leia-se TAPortela, associou-se ao Município de Vila Verde, no distrito de Braga, para a promoção e divulgação do artesanato português típico desta região do Norte do país, o Lenço de Namorados. Adoro o lenço de namorados, tenho louça com este motivo.

 

 

- Queridos passageiros, estes bordados são típicos do norte de Portugal, onde nasceu a nossa nação, através do Condado Portucalense, que tinha como sua capital Portucale (actualmente Porto), dando o nome ao país, absorvam bem a imagem e esqueçam a possibilidade de o visitar através dos nossos serviços que não priorizam esta região, apesar de gastarmos os seus impostos na nossa má gestão. 

 

Não deixa de ser engraçado que a única maneira de ver norte na TAP seja através de decoração, já que a companhia abandonou os voos no Porto, e o aeroporto Sá Carneiro, um dos mais bonitos e mais eficientes do mundo. 

 

Nao deixa de ser engraçado que o fez numa altura em que o Porto tem ganho fama no turismo internacional, com vários prémios de destino do ano e tenha apaixonado o The Sun e o New York Times. 

Em Milão vai haver 8 feiras de calçado, os exportadores de calçado português estão no norte.

 

deveriam mudar mesmo o acrónimo para TAL, já que só pretende servir Lisboa.

Follow
15
Jan16

Um sábado pelo Porto

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Tenho um artigo que escrevi para o site Baixa, do que é para mim um sábado bem passado no Porto, calórico, para a engorda, claramente, mas vão lá espreitar, por obséquio.

Follow
02
Dez15

Starbucks no porto

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Em Gaia, aliás. Abre hoje no El Corte Inglés. Na minha opinião é só uma localização parva. Ou não seria parva se já houvesse Starbucks na baixa do Porto. Em Lisboa há três, e apenas abre a primeira hoje a norte. Temos imenso mercado, ou não estivesse o Costa Coffee sempre cheio. Um Starbucks na baixa, servia não só os locais como os turistas. Com o boom recente de turismo no Porto, é devido à cidade a abertura deste franchise. Sempre que viajei, lá fui a um Starbucks nessa cidade, não sei bem porquê mas faz parte e gosto, também devíamos ter isso aqui. A loja do El Corte, não me parece que cumpra esse propósito. Eu sei que é overpriced coffee e que em Portugal temos bom café, mas eu gosto e não é para fazer disto um hábito. Oh well, ainda assim esta semana lá irei beber o meu pumpkin spice latte, que experimentei em Londres e adorei.

Follow

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt