Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

26
Set17

Expectativas irreais sobre bebés

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Tenho lido muitos grupos sobre bebés e sono. Uma mãe a perguntar o que fazer porque o filho tinha 15 dias e acordava de duas em duas horas para mamar. Quinze dias. O bebé ainda nem sabe que está fora da mãe.  E perguntas iguais para 1 mês ou 2. Que ideia de maternidade lhes venderam? Queriam que o bebé já viesse a fazer três refeições por dia como os adultos? Queriam mesmo um bebé ou gostavam da ideia de ter um bebé? Se calhar não queriam um recém nascido, queriam um adolescente em corpo de bebé.

Sempre que se fala de sono de bebés há sempre aquele caso do bebé da amiga que dormia noites inteiras desde que nasceu, e toda a gente quer um assim. Muito bonito mas perigoso, bebés recém nascidos não têm bom controlo glicémico, o ele acorda se tiver fome não é bem verdade, pode ficar hipoglicémico e sem capacidade de acordar.

Certo que toda a gente sabe que vai dormir pouco mas nunca se está verdadeiramente preparado para dormir assim, até aí tudo bem. É difícil viver com sono partido, mas não é nenhum drama franciscano, quando ele de facto dá uma noite mais chata, ou decide que não quer adormecer, aí sim, são uma dores de cabeça jeitosas e umas olheiras até ao umbigo. Queriam um bebé com uma semana que fosse preparar o biberão sozinho, bebesse e arrotasse sozinho?

 

Esta sociedade quer programar bebés como se fossem robots de cozinha. O bebé só está a ser bebé, tem ciclos de sono curtos, em geral uma a duas horas e não tem capacidade para adormecer ou se confortar sozinho.

O meu filho dormiu quatro horas seguidas meia dúzia de vezes desde que nasceu. O mais comum é dormir duas horas seguidas. A partir das 6 da manhã até só dorme uma hora de cada vez a não ser que esteja no colo. Se eu era uma pessoa mais feliz se ele dormisse mais horas, tipo quatro, se só amamentasse duas vezes por noite? Pois com certeza. Mas ele não é um bebé de catálogo, nem eu sou uma mãe de catálogo. Não se pode ter tudo. Ele é super desperto, interactivo e falador desde cedo, o que resulta que não é um bebé dorminhoco, ou que durma muitas horas seguidas. Já tive tanta sorte, sou tão abençoada com ele que não peço mais nada. Ou melhor, (minto, na verdade pedia uma noite de 4/5 horas uma vez por semana e sem o sono de uma hora só). Claro que me vai ser mais difícil quando for trabalhar, mas para já não é tudo rosas nas noites, mas aguenta-se bem.  

Follow

4 comentários

  • Também achei. Estive para fazer um post sobre isso. As dúvidas comuns não são abrangidas. Cicatrização do coto umbilical, cor dos cocós, sonos, dúvidas da amamentação. São fundamentalistas da mama e isso afasta as pessoas, há pessoas que têm dificuldade, cria muitas dúvidas e elas não focam isso, fazem parecer que é fácil para a toda a gente e não é.
  • Imagem de perfil

    angelasoeiro 26.09.2017

    Deixei de ir ao curso de preparação para o parto exactamente por esses motivos: 3 aulas exaustivas e fundamentalistas sobre amamentação (com coisas horríveis de uma mãe ouvir, principalmente se depois não conseguir amamentar), e muito pouca componente prática, principalmente sobre os cuidados com o bebé e mesmo para o parto em si.

    De qualquer forma, pensava eu que era do senso comum que os bebés não têm ciclos de sono longos (muitos nem curtos sequer, pura e simplesmente podem não ter ciclos de sono instituídos e dar um pouco mais de trabalho nesse sentido). E pior: comparar com outros bebés, sem ter noção de que cada um é diferente.
    Mas sabes, nisso os tais cursos também falham, porque nos vendem uma ideia de que se fizermos assim, tal e qual como dizem, vamos ser bem sucedidas, o que não é de todo verdade. Essa foi outra razão pela qual deixei de ir... criam-nos expectativas que se depois não derem certo, acredito que sejam meio caminho andado para a insegurança e medo de ser incapaz!
  • É só fórmulas. X dias, ou rotinas rígidas. Olha já li mais que um comentário de pessoas que fizeram isso tudo e não adiantou nada. Nem eu durmo uma noite inteira e dou valor ao sono, quanto mais ele. No curso fiz todo mas a verdade é que tinha mais expectativas. A única coisa que ensinam mais ou menos é o banho, mas o parto é só o início precisamos d e muito mais ferramentas para cuidados ao recém nascido e são menos aulas direccionadas para isso.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Também estou no facebook

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    subscrever feeds

    Comentários recentes

    As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt