Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

17
Nov17

High needs baby

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Nas minhas leituras sobre maternidade, sempre na busca de informação que me permita ser melhor mãe e tentando cometer a menor quantidade de erros possível, deparei-me com esta classificação. O que poderia eu fazer, uma vez que o meu bebé é cheio de energia, curioso, quer atenção, não adormece sozinho, acorda imensas vezes. Seria eu? O que poderia fazer? Tive uma gravidez o mais zen possível, não estive exposta ao meu ambiente de trabalho que é caótico, li, ouvi música clássica, descansei. E o rapaz saiu todo falador e cheio de energia. Socialmente ou em consultas: é muito social; é todo palrador; é muito activo; é todo despachado, eu só penso: ainda nem fez nada de especial, vocês não viram nada. 

 

O que é isto dum bebé exigente?

 

É isto

Resumindo, não adormecem nem se acalmam sozinhos, exigem muito colo e atenção, reagem a barulhos, hiperactivos, intensos, acordam frequentemente, imprevisíveis (bem vos contei que tudo resulta uma vez pode não resultar mais, e ter resultado meia dúzia não quer dizer nada); super sensíveis.

 

Normalmente apresentam doze características. O meu apresenta quase todas, não posso dizer que chora muito porque não chora, é um bebé super sorridente. Em visitas e em ambientes sociais gabam-me imenso o filho calminho e simpático. É muito observador, adora olhar para tudo e todos. Reclama muito quando está entediado e entedia-se rápido com coisas não com pessoas, mas chora pouco. Por exemplo ao jantar reclama até vir para o nosso colo mas fica entretido a ver-nos comer, a tentar chegar ao prato e lá fica a mastigar o ar. 

É um bebé exigente, que acorda muitas vezes e não adormece sozinho. Tinha três dias e já percorria o mini-berço dum lado ao outro. Sempre foi assim, com uma semana já acordava mal o pousávamos para as sestas. Tinha dois meses e já não gostava do ovo, e mal o tirávamos acalmava instantaneamente em parte pelo colo e em parte por poder olhar para o ambiente e para as pessoas. Vai passando por fases e talvez agora que se senta e lhe vamos comprar mesa de actividades e saltitão com mesa se entretenha por mais tempo.

 

É muito cansativo. Não vou mentir. Não há noites de dormir nem sequer três horas seguidas há meses, não fica no ginásio ou alcofa por horas, nem sequer hora no singular, continuamos na senda de o pousar nas sestas, sem sucesso. Não pára quieto, nem mesmo a mamar, só mesmo quando mama meio a dormir. Já me apeteceu para de amamentar imensas vezes, é triplamente cansativo assim, principalmente agora que me trinca com as gengivas enquanto roda a cabeça (sim, leram bem o que faz), mas são dez minutos, e passa-me. Amo-o de paixão e é o meu bebé. Não podia ter escolhido melhor, eu tenho uma resistência muito acima da média ao cansaço e à privação de sono, tenho uma resiliência boa, sou forte e não quebro psicologicamente, mas que é muito cansativo, é.

Follow

12 comentários

Diz tu também de tua justiça

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt