Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

02
Nov18

Só demorou 5 anos, mas comprei casa

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Verdade. 5 longos anos. Não foram passados em busca activa e permanente, mas vi dezenas, largas dezenas de casas com intuito de comprar. 

É uma decisão pesada e não me deixei levar por irracionalidades ou por pressa, ou por quase todos os meus amigos já o terem feito. Mas tínhamos as nossas prioridades bem definidas e não nos deixámos desviar por muito difícil que tenha sido. Fomos vendo e fazemos simulações, pelo que tenho a certeza de ter feito bom negócio na casa e no crédito. 

Neste momento podia ser agente imobiliária, mas na boa. Conheço todos os preços, e imensos imóveis, todos os apartamentos novos. Contarei alguns episódios brevemente. 

 

A vida é uma catita: contei-vos aqui que a casa de sonho era de um só piso, pois bem, comprei uma casa com 4 pisos...

O plano inicial era um apartamento novo porque não queria entrar em renovações, mas tudo o que levava a palavra novo ascendia a preços ridículos, e quando digo ridículos é 230 mil euros por um t3 de 100 metros quadrados. Ou apartamentos com 17 anos, em rés-dochão que precisam dumas actualizações a 195 mil em frente à auto estrada. Acreditem, vi tudo e sei tudo. Fui vendo a subir, aliás vi mesmo em primeira mão, contarei depois o caso mais chocante. Estamos bem a meio de uma bolha imobiliária, a bolha já saiu da zona histórica do Porto e chegou às cidades todas à volta; e os bancos vão começar agora a dificultar o crédito, por isso encontrado o imóvel certo era comprar agora ou esperar mais 5 anos. 

 

Quando se está à procura de casa chega-se à conclusão que a casa perfeita existe mas provavelmente não no nosso orçamento. Cada um tem as suas prioridades e escolhe-se a casa que atende às mais importantes.

 

Conseguimos o que queríamos, na zona em que queríamos, no preço que definimos. Para nós é importante a localização, nascemos e crescemos os dois no Porto: ele na Boavista, eu na Rua de Santa Catarina, pelo que não queríamos ir para a periferia, ou para outra cidade, já abrimos mão do Porto. Já vos disse por aqui que gastar tempo e dinheiro em trânsito não é para mim, perde-se qualidade de vida, torra-se paciência e gasolina. Ambos queríamos espaço e arrumação, conseguimos uma garagem (muito mais do que queríamos até, dá para 4 carros), conseguimos lavandaria enorme e uma despensa. Sala grande, cozinha gigante, boa exposição solar e luz directa em todas as casas de banho, sotão de bónus, mega bónus: closet. O que nos vendeu a casa foi o espaço interior, estar mais de metade renovada (as partes mais importantes e passíveis de esconder desilusões caras) e o espaço exterior. (vou ser sincera, o closet maior que o quarto foi um dos pormenores que caiu muito bem) Em boa verdade a casa estava habitável como estava, mas foi a nossa oportunidade de fazer a nossa casa de banho, e quanto a obras o melhor é antes de habitar pelo que aproveitámos para actualizar o piso dos quartos e colocar janelas de PVC na casa que melhoram a eficiência energética.  

 

Basicamente eu estive num daqueles programas dos irmãos gémeos (o empreiteiro e o imobiliário) só que durou 5 anos até aceder a comprar e fazer algumas obras. Fugi de obras o quanto pude, mas não pude evitar completamente, pelo menos não comprei uma casa antiga e nem sequer é da mesma década do que eu. A verdade é que comprando apartamento não queria senão novo a estrear com acabamentos de luxo, mas os preços andam ridículos e há pouquíssima oferta, áreas pequenas e falta garagem fechada ou arrumos, e isso não era opção. Lá fiz umas obras pequenas mas que deram dores de cabeça de sobra. 

Follow

2 comentários

  • foi, há sempre uma parte de incerto e de termos de abraçar o desafio, foi esta a altura. Boa semana :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Também estou no facebook

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    subscrever feeds

    Comentários recentes

    As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt