Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

10
Nov16

Aquecimento global e Trump

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Porque eu falo do aquecimento global como a maior consequência duma presidência Trump? Insistência? Teimosia? Bom, verdade seja dita, ninguém prevê o futuro, ninguém sabe o que vai acontecer. Não acredito em guerra até porque o Trump admira Putin e as ramificações são demasiadas. Além de que o senhor acha que mais países devem ter armas nucleares. Portanto como não acredita em aquecimento global não o vai combater. É das maiores promessas da campanha dele. Os EUA sempre fizeram muito pouco contra o aquecimento global, oito anos de Obama com um congresso de maioria republicana cujos senadores recebem somas avultadas, mais que um milhão, das empresas petrolíferas implicaram medidas modestas e insuficientes contra o aquecimento global. A cimeira de Paris não definiu sanções para incumprimento e é um passo importante mas insuficiente. E Trump já disse que não ia cumprir o tratado assinado. De momento é o aquecimento global que me preocupa. As consequências estão a acontecer muito mais rápido do que o previsto pelos peritos, por isso há uma urgência grande em mudar para energia limpa. Sim, há posssibilidade de eles retirarem direitos humanos conquistados, mas estão no país deles, e tristemente podem. Ainda há muitos outros países no mundo onde casais homossexuais não podem casar nem adoptar, ainda há sistemas de castas, casamentos de crianças, mutilação genital. Como? Não sei. É triste e doloroso, faz-me ter vergonha da nossa espécie, que se diz especial mas que faz pior do que os ditos irracionais. O resto só afecta as pessoas que escolheram este presidente. O aquecimento global afecta-nos a todos. As suas ramificações são desastrosas para o mundo que não escolheu Trump. O oceano vai aquecer, vai subir, (já está a aquecer e já está a subir) e com isso peixe vai desaparecer e ilhas vão desaparecer do mapa, vão acontecer secas, tufões, tempestades (já estão a acontecer) que vão destruir plantações agrícolas e comida. Com populações a terem de ser deslocadas vai começar a escassez de alimentos, populações vão ter de lutar por alimentos e recursos escassos, vai acontecer fome e morte. A fome e a morte, vão levar a instabilidade social, e isso sim motiva a guerra. Não é demagogia, já está a acontecer no mundo agora. Por isso sim, é o aquecimento global que me preocupa com a chegada de Trump. Michael Moore foi o único a prever em 5 pontos a vitória de Trump, estava certo. Agora propõe em 5 pontos, como combater o que nos levou a Trump: 

1. Tomar o partido democrata e devolvê-lo às pessoas.

2. Despedir analistas, peritos e elaboradores de sondagens e todos dos média que insistiram numa narrativa errada, que se recusou a ver o que estava a acontecer, são os mesmos que vêm dizer agora para curarmos as feridas juntos e nos juntarmos para falar.

3. Todo e qqualquer democrata no congresso que não esteja disposto a lutar, resistir e obstruir os republicanos, da mesma forma que eles fizeram a Obama terá de ser substituído por quem o faça. Para evitar medidas absurdas e perda de direitos. 

4. TOda a gente tem de parar de dizer que está chocada. Só estão chocados porque viviam numa bolha e não prestaram atenção aos vossos compatriotas e ao seu desespero. Anos a serem ignorados pelos dois partidos, a fúria e a necessidade de vingança contra o sistema cresceu. Veio uma celebridade cujo plano era destruir os partidos “You’re fired!” A vitória de Trump não é uma surpresa e ele nunca foi uma anedota, tratá-lo assim, foi dar-lhe força. Ele é uma criatura e uma criação dos média, não é sua posse, ele sabe usar-vos.

5. Digam a toda a gente “HILLARY CLINTON GaNHOU O VOTO POPULAR! A maioria dos americanos preferiu a Hillary. Ponto final. Facto. O país não está perdido, acordaram num país que preferia a Hillary. A única razão pela qual ele é presidente é por causa do sistema de colégio eleitoral. Até se mudar isto vamos continuar a ter presidente que a maioria não quer. vivemos num país onde a maioria acredita no aquecimento global, que as mulheres devem receber tanto como os homens,que quer ensino universitário sem dívidas, não nos querem a invadir países, querem aumento no ordenado mínimo, e quer sistema de saúde universal. A maioria do país concorda com a posição liberal, falta liderança para fazer acontecer. 

(tradução rápida)

Follow
09
Nov16

Trump ganhou

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Juro que nunca pensei. Por isto eu não gosto de pessoas, tenho pouca fé nas massas. A maior parte das pessoas é estúpida. E provou se ontem que o racismo está lá. A misoginia, a xenofobia, a ignorância. Oito anos de Obama só trouxe mais racismo, porque para um racista foi um insulto ter um presidente preto, educado, inteligente, sensível, engraçado e que melhorou todos os indicadores nacionais. O número de movimentos de extrema direita multiplicou-se nos últimos anos. São tão sexistas que preferem ter um palhaço ignorante do que uma mulher culta e com experiência. O Trump tem mais de uma dezena de acusações de assédio sexual, tem um processo por assédio sexual duma criança em Dezembro e outro por burla porque criou uma universidade privada em Novembro e mesmo assim chegou a presidente. O Trump acha que o aquecimento global é uma cena inventada pelos chineses e pretende acabar com todas as iniciativas para energia limpa.  Portanto o maior poluidor do mundo vai deixar as iniciativas que o faziam poluir nestes termos e andar à vontade. O homem que admira Putin está no poder. A sério. Estou em choque. Os mercados já estão em queda. Vem daí o desconhecido.  

Follow
14
Jun16

Vítimas de Orlando

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Vi a notícia logo nas primeiras horas. Logo com o rótulo terrorismo. Estava com Ele e disse: para chamarem terrorismo, foi uma minoria. Ganhasse eu dinheiro quando acerto. E já agora que elas não existissem para começo de conversa. Columbine: não chamaram terrorismo. E os vários tiroteios que se seguiram em escolas: palavra terrorismo ausente. Cristão entra numa clínica, onde TAMBÉM se praticam abortos e mata indiscriminadamente funcionários e utentes estando ou não no processo legal de requerer um aborto: nem terrorismo nem fanatismo religioso, nem cristão radical.

Este ano, que está a meio já conheceu 29 disparos acidentais com armas. Crianças de dois e três anos a matar acidentalmente. 

Os media estão a usar isto em todos os ângulos possíveis menos o mais racional. A política. A verborreia do Trump, a culpa é do Obama. Então a culpa do 9/11 foi do Bush. No Daily Show a melhor analogia. No 9/11 usaram aviões, resultado: regras mais apertadas em aviões.

As armas. O gajo comprou LEGALMENTE uma arma semi-automática. Parece um filme. Muito gostam de citar a 2 emenda, e o direito divino a ter armas. Divino? A sério? Quando foi escrito não havia armas destas. 

 

ht_atf_223_calibur_ar_type_rifle_example_float_jc_

 

Até se recusam a reconhecer a homofobia que o motivou. Foi numa discoteca gay.

 

Deus pra cá, Deus pra lá. A religião motivou e motiva ainda crime. O porquê continua a escapar-me. Foram homens que escreveram os livros, foram homens que num dado contexto socio-cultural há milhares de anos na maior parte dos casos impuseram regras que estão a ser interpretadas hoje e poderão estar ou não de acordo com a interpretação dos factos vivenciados ou ainda contados por outra pessoa ainda. Loucura. 

Follow
07
Jun16

Botem os olhinhos no John Oliver

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

John Oliver é um comediante britânico com um programa semanal nos EUA. Substituiu Jon Stewart no Daily Show durante um breve período e o seu programa é o Last Week Tonight. É brilhante, falei aqui já nele aquando do "Make Donald Drumpf again". No segmento brilhante desta semana desmascarou o negócio de compra e venda de dívida, e as ilegalidades do processo, bem como as empresas de colecta de dívidas, as quais também operam à margem da lei. O que acontece é que a dívida é comprada por uma fração do preço, mas quem a compra tem direito a receber a totalidade do montante em dívida, mesmo que já tenha prescrito ou esteja em tribunal, por exemplo nos casos de fraude. O que está a acontecer, há já vários anos nos EUA é que programas de comédia, ou sátira fazem melhor jornalismo e mais serviço público do que os meios informativos. Um dos problemas nos EUA é o sistema de saúde, qualquer pessoa se pode ver a braços com centenas de milhar em dívida por acidentes, ou cancro. Os seguros de saúde são rápidos a cortar e a dizer que afinal muita coisa não está coberta. O que John Oliver fez foi abrir uma empresa de compra de dívida, gastou 60 mil dólares e comprou 15 milhões de dólares de dívida de cerca de 9000 pessoas. O que fez? Perdoou a dívida a todas essas pessoas. John Oliver é o maior. 

Follow
28
Nov15

Cristão branco mata várias pessoas em nome da religião

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

É o título correcto. Nos EUA fazem uma coisa catita que é: se é cristão branco, na notícia diz homem; se é qualquer outra etnia ou religião no título vem especificada. Homem negro mata, terrorista muçulmano mata. Por aí.

Portanto este senhor, pró-vida e contra a IVG entrou numa clínica e matou várias pessoas. Atentem na ironia, a religião diz-lhe que é errado terminar a gravidez dum embrião sem sistema nervoso central, ele partilha essa crença, e MATA, PESSOAS com família de modo a que elas não "matem bebés".

Homem entrou numa clínica da organização Planned Parenthood no Colorado e começou a disparar. Situação só ficou resolvida ao fim de cinco horas, com a rendição do atirador.

 

Follow

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt