Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

06
Mar17

Dos programas de futebol

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Porque baixamos a barra de decência e educação? Qual é exactamente a vantagem de ter bons cenários, jornalistas, e personalidades supostamente respeitadas a discutir futebol, se se insultam, se gritam, se fazem figurinhas deprimentes? Não era mais produtivo, mais barato e se calhar muito mais civilizado andar de café em café pelo país a gravar grupos de amigos a discutir os jogos? 

Follow
10
Jul16

Típico

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

No único ano que não vi nenhum jogo, que não liguei nenhuma ao europeu e a futebol em geral, somos campeões da Europa.

Follow
14
Jun16

Nem o Europeu me motiva

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Continuo na mesma onda

image.jpg

.

Follow
15
Mai16

Futebol

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Ando alheada, já gostei muito, ia ao estádio, via os jogos no café, em casa. De repente cansei-me, dinheiro a mais, importância a mais, corrupção a mais. Ciclicamente acontece-me. Não faltam outros desportos mas pelo telejornal, de todas as estações, não o saberia. Esta semana, especialmente, há futebol em todas as esquinas, redes sociais, aqui nos blogs. Não quero saber, não tenho interesse e não tenho como não ler sobre isso. Deve ser assim que quem não vê Game foi Thrones se sente aqui com o meu blog.

Follow
14
Jan16

Se é verdade

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

a tal maldição do Ramsey, jogador do Arsenal que quando marca um golo, alguém morre.

Se isto é verdade, porque não se começou com o Trump?

Follow
06
Out15

Ainda das eleições

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Começo por um disclaimerzinho. Não vou insultar ninguém, nem mesmo quem tem suspeitas de violência doméstica, nunca trabalhou, se licenciou tarde e na privada, e começou logo a gerir empresas duvidosas. Nem os de esquerda, nem os de direita, nem quem fez um do li ta para votar.

Voto há muitos anos, e votei sempre. Loucura das loucuras, não trato os partidos como clubes de futebol.

É que vendo bem os clubes de futebol não me afectam o salário, a minha carreira, os meus impostos, e a minha dignidade para viver. E não gasto dinheiro nem com a política e com o futebol gasto muito pouco. O que isto quer dizer é que dificilmente terei votado duas vezes igual. Nem me lembro bem, só com muito esforço. Porque o meu voto é influenciado pelo estado do país, o cargo que vou eleger, o programa político, e as pessoas, talvez este último o mais importante. E porque muitas vezes voto no mal menor ou por quem não quero lá. Desta vez não queria lá ninguém, nem queria sair do euro, nem queria mais privatização, nem voltar a salvar bancos, nem esconder défices, nem mascarar taxa de desemprego, nem dar poder a quem mente e é apanhado em contradições graves em apenas quatro anos. Quem diz que o pec 4 é excessivo e que a carga fiscal é adequada e depois em quatro anos a agrava três ou quatro vezes.

Não queria mais submarinos, tecnoformas, freeport, bpn, bes e afins. 

 

A minha humilde análise é:

  • Nos últimos quatro anos fizeram-se mais greves de que eu tenho memória de haver noutro período. Na minha opinião mostra o descontentamento. 
  • Quase metade da população não foi votar. A abstenção foi assombrosa. Os motivos são vários, e desconhecimento de que em Portugal nem os votos em branco nem a abstenção fazem diferença. Para muitos a abstenção pretendia mostrar descontentamento e falta de opção válida para governar. Indiferença e ignorância em geral. E muitos, emigrados, deslocados, pessoas com informação desactualizada. Estes motivos são especulação minha, e em todo o caso, não podem ser apurados com certeza. A verdade é que as pessoas não foram. 
  • O PSD teve o segundo pior resultado desde o 25 de abril.
  • Dos 56% que foram votar, 36,8% das pessoas votaram na coligação. Menos de dois milhões de portugueses.
  • Dos 56% dos portugueses que foram votar, 32,4% votaram no PS. Apenas menos 4%,  200 e tal mil que na coligação que traduzem em mais de dez deputados.  
  • Mais de metade das pessoas que foram votar não querem que este governo continue no poder.
  • Ainda assim a maior probabilidade é que apenas dois milhões de portugueses vão permitir que este governo tome decisões por DEZ milhões de portugueses.

 

Mais chocante que isso, o pdr, partido de marinho e pinto não elegeu ninguém e recebe 170 mil euros por ano. 

Follow

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt