Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

08
Set17

Genius

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Genius é uma série que retrata a vida de Albert Einstein. É a epítome de um génio, não pensamos em génio sem pensar em Einstein e não pensamos em Einstein sem reconhecer o seu génio. Sou consumidora deste tipo de séries, e comecei logo a ver. Sabia alguns factos sobre a sua vida, alguns dos mitos já lhes conhecia a verdade, mas aprendi muito sobre o homem por destrás do génio da física. Foi uma profunda desilusão saber sobre a sua vida amorosa e primeiros passos na ciência e na publicação de artigos. Foi como um soco no estômago. Estou atrasadíssima na série, a última vez que vi estava grávida. Como tantos outros homens, ainda hoje, mas com uma maior expressão há uns anos, tomou todo o crédito por artigos co-escritos pela primeira esposa Mileva. Na minha opinião o pior que podia ter acontecido na vida de Mileva foi Einstein. Era melhor aluna que ele, e tinha aspirações próprias na ciência, e num feito raro, completamente apoiada por seu pai, que sabia o génio que tinha por filha. Engravidou ainda enquanto estudante, e para esconder a gravidez com Einstein fora do casamento, voltou para a sua terra natal. Casou. Nunca acabou o curso, continuando a fazer os artigos com Einstein e cuidando dos restantes filhos, nunca conseguiu libertar-se dos estigmas e grilhões que a sociedade da altura impunha. Grilhões estes convenientemente reforçados pela família do marido e pelo próprio marido, Einstein. Mileva tinha uma deformidade física e desenvolveu problemas mentais, teria uma propensão é certo, mas ilustraram bem os dilemas de uma mulher com tanto potencial que se confinou à vida doméstica.  Einstein deu a desculpa mais ridícula, não coloco o teu nome nos artigos, porque toda a gente sabe que também és responsável, não é preciso. A série faz o paralelo importantíssimo com o casal Curie, Pierre, um homem da ciência e correcto, íntegro não aceitou o nobel que lhe queriam dar individualmente porque a mulher tinha contribuído, até mais do que ele nas palavras próprias. Portanto era (e é) inteiramente possível ser cientista, pessoa íntegra, génio e marido. Marie Slodowska Curie é a única pessoa com dois prémios Nobel, em dois campos da ciência distintos. Imaginem o que perdemos da mente de Mileva. Não sei se foi por falta de tempo se foi a desilusão que me levaram a deixar a série em pausa. Ainda estou chateada pela perda de potencial de Mileva, sinto a dor como se fosse com alguém que me é próximo. Quantas Milevas houve/há por aí? Nunca mais olharei para Einstein da mesma forma, não é menos génio por isso, mas é uma bela porcaria duma pessoa. 

Follow
13
Abr16

Sobre o feminismo #2

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Resilência. Força inexorável.

 

ps: o pensamento vigente na altura era: a mulher não é um cérebro, é sexo, o que é muito melhor. Tem um único papel no mundo: fazer amor e perpetuar a espécie. 

Hã? Lindo. Que venham os sexistas dizer que feminismo não é necessário. E para as pseudo-feministas que vejam o que é luta pelos direitos humanos 

Por iniciativa própria e gratuitamente, equipou carrinhas e fez, com a filha raio X a soldados feriados durante a grande guerra. A filha descobriu a radioactividade artificial e recebeu um prémio Nobel.

IMAG1978_1.jpg

 

Follow
12
Abr16

Leituras

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Compradinho de fresco:

IMAG1965_1.jpg

 

Follow
09
Nov15

Modelo

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Literalmente. Beleza e conteúdo. Devíamos conhecer melhor os verdadeiros modelos em vez de kardiashians desta vida.

"Stop making stupid people famous."

 

Esta senhora faria hoje 101 anos. O google doodle hoje é-lhe dedicado.

FB_IMG_1447093323478.jpg

Follow
07
Nov15

Marie Curie

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

FB_IMG_1446913607208.jpg

 

Marie Skłodowska Curie nasceu em Varsóvia a 7 de novembro de 1867 e foi a pioneira no ramo da radioatividade. Foi-lhe inicialmente negado o direito a ingressar na faculdade, por ser mulher. Foi a primeira mulher a ser laureada com um Prémio Nobel e é, ainda hoje, a única pessoa com dois prémios Nobel em dois ramos de ciência distintas, Física e Química. Marie Curie foi a primeira mulher a ser admitida como professora na Universidade de Paris. Em 1903, Marie dividiu o Nobel de Física com o seu marido Pierre Curie e o físico Henri Becquerel, o marido enfatizou que grande parte do trabalho foi realizado por ela.

 

As conquistas de Marie incluem a teoria da radioatividade, técnicas para isolar isótopos radioativos e a descoberta de dois elementos, o polônio (homenagem à Polónia, onde nasceu) e o rádio. Marie Curie morreu aos 66 anos devido a anemia causada pela exposição a radiação ao carregar testes de rádio em seus bolsos durante a pesquisa e ao longo de seu serviço na Primeira Guerra, quando montou unidades móveis de raio-X.

Follow

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt