Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

01
Jun17

Viver uma gravidez de risco #7

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Estar quase no fim não vale nada nem dá garantias. Foi esta a lição duma hemorragia que celebrou a entrada nos 9 meses. Uma ida à urgência que nos fez gelar o sangue. No final de um dia de consulta, antes de ir para a cama sinto qualquer coisa, verifico que é sangue. Não era sangue vivo nem abundante, mas era sangue. Não vos sei descrever o que senti, o que pensei, os flashbacks na minha cabeça de outras hemorragias, o pânico.  Foram mil socos no estômago, foi ansiedade, foi tudo. Sim, já estava quase no termo, e o desfecho era mais favorável, ainda assim, imprevisível. Para ele ficou mais real quando à saída para a urgência lhe disse para trazer já as malas, poderia lá ficar internada, poderia estar a entrar em trabalho de parto, sabia lá eu. Para me stressar ainda mais, era à hora de ele estar por aqui a mexer e aos pontapés e há 15 minutos que nada. Mal entrei e disse que tinha hemorragia, fui logo levada para a sala de "cardio" para fazer o ctg. Na minha cabeça desde que senti o sangue a sentar-me no cadeirão passaram horas. Mal me colocaram o aparelho ouvi o batimento, e senti a maior descompressão da vida, daí a sentir o movimento foram dois minutinhos. Um pequeno alívio. O ctg revelou muitas contracções, só sentia metade delas, na consulta com obstetra, fomos ver se havia descolamento da placenta ou outros sinais. Nem descolamento, colo íntegro, sem dilatação e fui brindada com a melhor ecografia até agora, estava de frente, vi olhos abertos, bochechas e língua, estava a praticar mamar, tranquilo e completamente alheado do stress do lado de fora da sua bolha. Só tive alta e vim para casa porque vivemos perto, o dia seguinte foi repouso absoluto, voltei a mais cuidados. Não posso mesmo relaxar um minuto, o primeiro trimestre fechei-o com una síncope e queda, bati de cara, passei o segundo trimestre cheia de medo e com mais algumas ameaças de desmaio, que soube gerir. No terceiro trimestre fui tendo sempre cuidado, nos dias em que me senti melhor tive que me refrear. Fiquei sempre com a sensação que poderia fazer um pouco mais e aproveitar melhor, uma sensação muito frustrante de tédio/repouso/vontade de fazer mais. Esta semana tive a confirmação que não posso mesmo facilitar e que fiz bem até agora. Não posso mesmo ignorar os meus instintos. Fui fazendo o mínimo, e cada vez que me sentia mais cansada, ou que estava há mais tempo de pé, ia deitar-me. Desta vez estava com ele na cozinha e ignorei o pequeno cansaço, só faltava acabar umas refeições, não me vim deitar: o resultado foi a ida à urgência e o susto monumental. E pronto, mais uma semana de maior repouso, porque quero muito conhecer aquelas bochechas mais fofas que vi ontem mas só depois das 38. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Também estou no facebook

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds

Comentários recentes

As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt