Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nervoso Miudinho

blog humorístico (esperemos) sobre tudo e mais frequentemente sobre nada

30
Mar17

Yo anti vaxxers

nervosomiudinho.blogs.sapo.pt

Ou os anti vacina no nosso querido português. Um grande shout-out para vocês, um grande obrigada pela dorzinha no braço. Fui fazer hoje a vacina para a tosse convulsa, devido ao surto em recém-nascidos, em parte causado porque isto das vacinas é uma grande cabala do mundo científico. E a vacina é por gravidez uma vez que se destina a proteger o bebé do nascimento aos dois meses. E lamento, novamente, que hoje estou muito irredutível. Mas se há pouco era uma brincadeira, uma tentativa de humor baseada em sentimentos reais, agora é muito a sério. Se são anti-vacinas e me querem vir falar de autismo, mercúrio, ou natural, ou ainda aquele fan favorite que é Deus, muito sinceramente poupem-se porque ao tocarem nestes argumento não há mais nada que possam dizer que eu não vos ache burros. Desculpem. A sério. Mas é o que é. É ver a mortalidade infantil antes da era da vacinação, é ver os casos de poliomielite, a mortalidade do sarampo e outras que agora são um pequeno incómodo em vez de uma sentença. Não estão lembrados mas as ssoas morriam de febre há pouco mais de 100 anos, febre, nem sequer sabiam a infecção que as afectava, também se morria de diarreia. 

Follow

3 comentários

  • Obrigada. Sou uma autora e não um autor.
    Carissimo, sei do que falo. Números oficiais são em sites oficiais não em sites manhosos. Primeira coisa que aprendi no ensino superior : foi a importância das fontes e da informação credível e peer reviewed. Google efeito dunning - Kruger. O português é fluente e aparentemente culto. O que não transporta para fisiologia, química, genética virulogia, saúde pública, epidemiologia, aí o português não interessa e deve deixar se para peritos a sua interpretação, e 99% estão de acordo quanto à eficácia e necessidade de vacinas. Convido a ler os meus restantes posts sobre vacinação. Qual a sua formação em química? Já leu os ingredientes ou processo de fabrico de qualquer outro medicamento? O que sabe de toxicologia? E de fitoterapia? E das interações medicamentosas do chá de hipericão? E que natural não quer dizer bom? Tudo é um químico meu caro, se palavras grandes assustam é porque não estudou química orgânica. A falácia em que entrou não lhe permite ver é que foi precisamente a segurança que lhe é dada pelas vacinas que lhe tolda o perigo das doenças que protegem e erradicaram.
  • Após uma segunda leitura do seu comentário, ainda fico mais assustada. Lamento mas vou apagar que não aceito o meu Blog como meio de veiculação de mentiras e estupidez pura. Infowars?
    A sério que me veio citar um site de teorias da conspiração como fonte científica?! Autismo e vacinas ainda?
    ! Suposto panfleto da vacina? O senhor é perigoso porque não percebe que é profundamente ignorante.

    Eu não me meto a discutir física quântica, sabe porquê?porque os conceitos básicos não me permitem entender argumentos complexos e fenómenos que não domino. Aceito a minha ignorância em tantos assuntos. Não me ponho a dizer que metade dos alicerces chegam para fazer uma casa. Se 97% dos engenheiros lhe disserem que a ponte não é segura, e 3% disserem que é, coloca o seu filho a ver as vistas em cima da ponte? É o que está a fazer, acreditar em literalmente meia dúzia de profissionais que são contra as vacinas. Porque o resto não são profissionais, um homeopata, ou qualquer profissional de medicina alternativa não tem bagagem teórica para falar de saúde e medicina. Não se vai consultar acerca de ossos a um oftalmologista pois não? Porque saber muito sobre saúde, e mesmo medicina numa área não dá competências noutra. Pode ter muita cultura e muito conhecimento em gestão e achar que tem meios para compreender um ensaio clínico, deixe-me elucidá-lo já, não tem.

    Arranjo-lhe dezenas de sites de com provas de que o Elvis está vivo, que nunca fomos à lua, que há raptos de extraterrestres e outros tantos disparates.
    A ciência não é para todos. Acreditar em charlatães é uma opção sua, é consciente. Porque se tem capacidade para ler informação absolutamente estapafúrdia também tem motores de pesquisa como pubmed, e sites credíveis. Não terá acesso a UP to date mas tem de começar por estudar investigação em saúde, só depois de aprender o que são variáveis e como as controlar, o p-value, ensaios duplamente cegos, estudos de coorte, correlação e causa poderá ler um suposto estudo desses e avaliar a sua construção. E a construção dos artigos que fala já foi provada como errónea e cheia de vieses que visam a confirmação automática desse ponto de vista. Houve um caso prático aqui em Portugal e há dezenas de surtos em dezenas de países de doenças preveniveis por vacinação por causa de pessoas como o senhor. Só não há mais porque as taxas de vacinação são altas. Leia, mas leia informação e não ficção. Há livros em bibliotecas públicas, sobre imunologia, genética, química. Ler muito não quer dizer informar-se muito ou ler qualidade.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Também estou no facebook

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    subscrever feeds

    Comentários recentes

    As imagens apresentadas no blog são na sua maioria retiradas da internet, se as fotos lhe pertencem e/ou têm direitos de cedência de imagem, por favor envie um email que eu retiro. nervosomiudinho@sapo.pt